Uso da hidroponia na produção de variedades tipo Gourmet

Uma realidade no mercado da alta gastronomia é a exigência por hortaliças de qualidade diferenciada, assim como de inovações cada vez mais necessárias para que os conceituados Chefs de cozinha expressem sua arte em pratos que se distinguem pelo seu caráter único.

Neste contexto, o cultivo de hortaliças diferenciadas (hortaliças tipo gourmet) é fator fundamental para o produtor hidropônico, uma vez que possibilita um maior retorno financeiro pelo alto valor agregado e amplia a permeabilidade de mercado, atendendo à um público restrito e extremamente exigente.

Para a penetração e estabilização do produtor neste mercado diferenciado, nada mais sensato que a adoção do cultivo de hortaliças em um sistema que garanta a menor sazonalidade, maior controle nutricional, menores incidências de pragas e doenças, assim como maior higienização do produto, com garantia de maior tempo de prateleira no pós-colheita.

Uma pesquisa regional é importante para a tomada de decisão do que se produzir, entretanto neste mercado destacam-se, atualmente, as hortaliças denominadas Baby Leafs, por seu tamanho reduzido, seja a partir da apresentação de uma espécie somente (mini rúcula, por exemplo), seja pela comercialização na forma de mix de variedades (mix rúcula, alface roxa e crespa, lisa); infere-se ainda que estas hortaliças vêm rompendo paradigmas e alcançando um público diferenciado. Neste mercado de variedades Gourmet, variedades de tomate encontram-se bem estabelecidas, a partir da oferta de tomates em penca, os grapes, os de grupo italiano e mini-italiano e os de formatos diferenciados.

Não obstante a isso, surgem a cada dia no mercado de hortaliças, variedades diferenciadas, como por exemplo, berinjelas, cujos formatos e tamanhos se diferenciam. A coloração da berinjela, que pode variar da tonalidade roxa até a branca, passando pela rajada também merece destaque nos atuais híbridos ofertados.

Pepinos e melões voltados para conservas, quiabos roxos, pimentões Blocks (curtos e compactos), com diferentes tonalidades (roxo, rosa, vermelho e amarelo), variedades de cenoura com tonalidades variando da branca e roxa, inúmeros tipos de pimenta também merecem destaque como hortaliças da linha Gourmet. A pimenta é relevante neste contexto por ser uma especiaria que vem ganhando força no mercado hidropônico, tanto ao nível de oferta de sementes quanto pelo gradativo aumento no consumo, seja no seguimento in natura ou em conservas. Ainda assim, podemos destacar a necessidade de ampliação do cultivo hidropônico dos seguimentos direcionados para as linhas orientais, assim como de temperos e condimentos.

Com isso, fica a dica aos produtores: a diversificação mercadológica que tange a oferta de produtores direcionados a alta gastronomia vem rentabilizando a produção hidropônica no Brasil, principalmente nos centros urbanos possuidores de classes de poder econômico elevado. Sendo o investimento na diversificação um atrativo ao qual não pode ser menosprezado pelo produtor.

Glaucio da Cruz Genúncio – Dr. em nutrição mineral de plantas

 

Related Post

Compartilhe este conteúdo