capa hidrogoos talks 3 edição

Hidrogood Talks: Confira como foi a terceira edição

Neste mês de junho, do dia 07 a 21, tivemos a terceira edição do Hidrogood Talks, nosso evento online e gratuito onde reunimos especialistas para batermos um papo sobre importantes assuntos relacionados ao setor hortícola para manter você, produtor, atualizado e alinhado à todas as oportunidades e desafios do setor.

Nesta terceira edição tivemos a presença de três experientes e renomados especialistas e conversamos sobre diversos assuntos. Se você não conseguiu acompanhar o evento, reunimos as três lives aqui e contamos um pouco de como foi essa terceira edição.

Live 1 (07/06) – Os desafios da produção hortícola em diferentes regiões

Para abrir esta edição do Hidrogood Talks, convidamos o engenheiro agrônomo José Roberto Bergamo, formado pela ESALQ e que, atualmente, trabalha como consultor da Hidrogood desde 2018 acompanhando os projetos de clientes do Brasil (e do mundo todo) desde a pré-implementação até a pós e início da produção.

No bate papo, o assunto foi os desafios de produzir em diferentes regiões do Brasil. Bergamo explicou que, a maior parte dos grandes cinturões verdes de produção hortícola estão mais concentrados nas bordas das capitais por alguns motivos e, um deles é a questão do mercado consumidor. Se a produção for muito afastada do centro consumidor, pode gerar problemas para o produtor, como a perda de produtos no decorrer do transporte, por se tratar de um alimento perecível. 

Além disso, outro fator limitante é o acesso à água de qualidade. Como a água é o elemento mais essencial na hidroponia, é preciso levar em consideração se a implementação do projeto é viável para certa área desde o início.

Bergamo também comentou sobre as diferentes variedades de produtos e que existem espécies que se adaptam melhor em regiões de clima frio e outras em regiões de clima quente. Mas, a escolha do que será produzido deve ser feita baseada não só nisso, mas também no que o consumidor deseja. Por isso, a pesquisa de mercado é tão importante de ser feita antes de começar a implementar o projeto. 

Live 2 (14/06) – Quanto custa investir em hidroponia?

A segunda live dessa edição do Hidrogood Talks aconteceu no dia 14 de junho e o convidado da vez foi o engenheiro agrícola André Vieira que faz parte da equipe comercial da Hidrogood há 10 anos.

O bate papo foi sobre um assunto que muitas pessoas tem curiosidade em saber: Afinal, quanto custa investir em hidroponia? André contou que essa é a pergunta que ele mais recebe e a resposta é, quase sempre, a mesma: Depende. “São inúmeros fatores que contribuem e vão somando para ter um investimento total[…]”. 

O tamanho do local de implementação, a(s) espécie(s) e a quantidade que deseja produzir, materiais de infraestrutura são alguns dos fatores que devem ser levados em consideração na hora de construir um projeto hidropônico. Às vezes, o produtor já possui algumas coisas de infraestrutura que podem ser reutilizadas e não será necessário incluí-las no projeto. No entanto, outras coisas que o produtor nem imagina que precisa para a implementação podem surgir. 

Outro fator importante e que deve ser levado em consideração é a questão do que irá ser produzido. Saber se o que se quer produzir é viável e cabe no mercado é essencial para obter resultados positivos e, por isso, mais uma vez a questão da pesquisa de mercado ser tão importante quanto o plano de negócios foi reforçada.

André também falou sobre o que seria um projeto mínimo e um projeto completo de hidroponia.

Live 3 (21/06) – Como cultivar folhosas em hidroponia

A terceira e última live dessa edição contou com a presença do consultor e produtor rural Ricardo Tarchiani, proprietário da Horta Viva e parceiro de longa data da Hidrogood. Além de ter ministrado a parte teórica do nosso curso presencial de hidroponia (ainda sem data para retorno), Ricardo também fará parte do nosso primeiro curso online “Como cultivar folhosas em hidroponia”, que inaugurará a nossa plataforma de ensino, a HG Academy.

A última live não teve o mesmo tema do curso por acaso. Além de ser um tema muito interessante, quem assistiu ao bate papo teve uma prévia do que está por vir no curso online. Além disso, os participantes receberam a notícia da data de lançamento do curso online em primeira mão. 

Durante o bate papo, Ricardo falou sobre como o mercado hortícola vem se comportando desde o início da pandemia causada pelo covid-19 e como a sua produção foi afetada: “Nós sofremos muito ano passado,[…]foi uma queda brusca de venda e estava todo mundo assustado”. Entre abril e maio do ano passado, Ricardo teve uma queda de 50% nas vendas e, para contornar a situação, ele criou um novo produto lavado e higienizado, o que agregou valor à empresa, elevando as vendas sem precisar correr atrás do cliente.

Outro ponto levantado durante a live, foi sobre a produção de Salanova, uma espécie de alface compacta e que tem um tempo de produção diferente das demais.

Além de todo o bate papo, Ricardo “nos levou” para conhecer sua área de produção e os tipos de cultivo que ele tem: rabanete, rúcula, alface, entre outras. 

Gostou desta terceira edição do Hidrogood Talks? As lives da 1ª e da 2ª edição também estão disponíveis aqui.

E, se você se interessou pelo nosso primeiro curso online, o lançamento será no dia 05/07, às 10h, e temos uma super novidade: Os primeiros inscritos levarão na faixa um super desconto de R$ 250,00. Para saber tudo sobre o curso é só clicar aqui.