8 dicas para o cultivo de hortaliças

Em qualquer tipo de cultivo as plantas precisam de certas condições para o seu desenvolvimento e crescimento. Em hidroponia é possível prover todos esses, independente do solo – que é a fonte maior de patógenos – e ainda fornecer uma proteção às intempéries mais fortes por meio de casas de vegetação (estufas).

Nesse artigo vamos abordar alguns fatores e sua importância que certamente irão ajudar a iniciar ou aperfeiçoar o seu cultivo de hortaliças hidropônicas com sucesso:

1) Luz solar direta. As hortaliças, em geral, precisam de uma radiação direta e não apenas claridade, pois é através da luz solar que as folhas das plantas adquirem energia para fazer a fotossíntese, portanto, quanto menos luz, menor o crescimento.

2) Escolha bem aonde sua planta irá ser cultivada. Como a hidroponia não utiliza o solo, a planta precisa de um apoio para firmar suas raízes e retirar da solução nutritiva os elementos que precisa enquanto mantém suas folhas recebendo a luz solar. Uma opção são os perfis de dupla camada, pois eles possuem a parte superior e lateral em branco e o corpo em grafite, evitando a entrada de luz, diminuindo o aquecimento do perfil, mantendo a temperatura da solução nutritiva e, consequentemente, a oxigenação.

3) Mantenha as plantas em um ambiente ventilado. As plantas necessitam de oxigênio para se alimentarem, então elas retiram do ar ou da própria solução nutritiva o oxigênio dissolvido. Por isso, quanto mais oxigênio dissolvido na solução, melhor a absorção dos nutrientes. Elas também retiram do ar o carbono (CO2) que precisam para elaborarem os compostos que precisam, como aminoácidos e proteínas, por isso, é importante que o ar onde as plantas estão esteja sempre renovado. Nesta etapa é fundamental escolher a estufa correta, para que se tenha uma boa ventilação para ajudar a planta a se alimentar, transpirando pelas folhas e sugando pelas raízes.

4) Mantenha uma solução nutritiva ajustada e utilize ingredientes de qualidade. Na hidroponia, como não há utilização do solo, é necessário preparar uma solução nutritiva para que as plantas alimentem-se, pois elas precisam de elementos químicos que serão combinados com o CO2 para criar seus compostos orgânicos utilizados na estruturação de raízes e folhas. Essa composição e concentração dos nutrientes é que irão determinar a saúde, tamanho e grau de crescimento das plantas.

5) Acidificação e alcalinidade. O pH (potencial de Hidrogênio) influencia no comportamento de certos elementos. Seu controle permite que as plantas alimentem-se corretamente e não fiquem carentes de nutrição. Ele varia de 0 (ácido) até 14 (alcalino), sendo 7 neutro. Em hidroponia o ideal é trabalhar com o pH entre 5,5 e 6,5, pois nessa faixa é onde temos a maior disponibilidade de nutrientes e, caso não esteja em um nível adequado, alguns elementos não se dissolvem e se precipitam. Para medir o pH é utilizado o peagâmentro.

6) Meça a condutividade da solução. A condutividade é a forma de medida da Condutividade Elétrica de uma solução contendo íons em suspensão. Ela nos permite ter uma ideia da concentração de nutrientes na solução nutritiva e, desta forma, podemos medir o nível de consumo dos nutrientes pela planta e fazer as reposições adequadas para assegurar que a planta sempre tenha à sua disposição todos os nutrientes necessários. Para isto utilizamos um aparelho chamado condutivímetro.

7) Esteja sempre atento à temperatura da solução. A temperatura também pode provocar uma deficiência nutricional nas plantas. Embora elas suportem temperaturas baixas, alguns elementos não são absorvidos, como por exemplo o Fósforo caso a solução esteja inferior a 15ºC, além de se ter uma perda de oxigênio em temperaturas altas. Sendo assim, a temperatura da solução nutritiva não deve passar dos 30ºC.

8) Faça a análise da água constantemente. A água é o elemento mais importante no processo de cultivo hidropônico de hortaliças, ela precisa ser pura e potável, embora a água encanada possa ser utilizada também depois de um “descanso” de um dia para que o cloro evapore. Desse modo, é necessário fazer uma análise para identificar possíveis minerais em excesso que possam ser prejudiciais às plantas. Atenção: Água de rios e lagos podem não ser tão viáveis, pois suas características não mantém um padrão e isso exigirá uma análise mais frequente e atenção dobrada.

  

O resultado positivo do cultivo de hortaliças e hidroponia em geral depende de uma série de cuidados, não só da manutenção durante a plantação, como no planejamento também, e uma boa análise financeira e estudos. Somados, eles contribuem para que o produtor tenha os melhores resultados e produtos de qualidade.

Gostou das dicas? Separamos outros conteúdos que podem te interessar: 

Compartilhe este conteúdo

Deixe uma resposta