O uso da hidroponia em projetos de agricultura urbana

A agricultura urbana é uma atividade relacionada à produção de alimentos nos centros urbanos e em suas periferias. Este modelo de cultivo destaca-se por gerar benefícios tanto no desenvolvimento econômico e social quanto na promoção de melhorias microclimáticas destes ambientes que, via de regra, possuem problemas estruturais (poluição, aquecimento e impermeabilização do solo).

Historicamente, a discussão deste modelo surge, em maior ênfase, na década de 90, cujo enfoque dá-se na produção de alimentos em áreas dentro ou próximas às cidades. Neste contexto, a Embrapa publicou no ano de 2002 um boletim sobre agricultura urbana no qual destaca o envolvimento (direto e indireto) de 800 milhões de pessoas no mundo na produção de alimentos oriundos da agricultura urbana.

 

 

 

 

 

Pontos importantes devem ser ressaltados para este tipo de agricultura, como a garantia de segurança alimentar, associada à melhoria da alimentação das pessoas inseridas nestes ambientes, organizadas em populações crescentes e em elevada densidade populacional; a partir da produção de alimentos provenientes de uma agricultura focada na redução de defensivos, com melhor uso da água, que é um recurso cada vez mais escasso, e uma fertilização balanceada. A observação destes aspectos são premissas básicas para um desenvolvimento de um projeto urbano sustentável; A produção de hortaliças, temperos, flores e ervas medicinais em um ambiente urbano também se destaca pela geração de emprego e renda para os agentes envolvidos com esta atividade.

 

Um dos projetos de maior relevância no Brasil sobre agricultura urbana esta localizado na região de Pinheiros, SP. O projeto que é conhecido como a “Horta Urbana do Shopping Eldorado” iniciou-se com a necessidade de destinação do lixo orgânico gerado nas praças de alimentação e, com a adoção do sistema de compostagem de resíduos, que são responsáveis pela reciclagem de cerca de 15 toneladas de lixo geradas mensalmente; O produto da compostagem vem servindo como fonte de nutrientes para as hortaliças produzidas na parte superior do Shopping. Vale ressaltar que estes alimentos são consumidos nos restaurantes localizados nas praças de alimentação do Eldorado.

 

Horta Urbana do Shopping Eldorado

Horta Urbana do Shopping Eldorado

Este tipo de agricultura vem ganhando adeptos em todo o Brasil; assim a implantação da hidroponia para o cultivo de hortaliças, temperos, plantas medicinais e aromáticas é um modelo adequado para o melhor desenvolvimento sustentável e seguro nestes ambientes de telhado e laje, cuja necessidade de microclimas é preponderante para o melhor desenvolvimento e produtividades das plantas cultivadas.

 

 

 

 

 

Ressalta-se que o sistema hidropônico reduz em, pelo menos 50% a água requerida para o crescimento e desenvolvimento das plantas, além de eliminar a possibilidade de danos estruturais, a partir da redução de infiltração pontual nas lajes e telhados. Por outro lado, o uso de estufas é uma forma garantida de menores impactos contra chuva e vento, além da redução da radiação solar, uma vez que existe a proteção do cultivo com o uso de plástico e telas de sombreamento específicas.

O cultivo hidropônico é um sistema que, neste contexto, vem a somar com os demais sistemas que, via de regra, são utilizados para a prática da agricultura urbana e periurbana. Em específico, a produção de mudas em hidroponia é uma forma garantida de produções constantes, de qualidade e sem sazonalidade.

Assim, o uso de sistemas semi-hidropônicos, associados à aplicação de resíduos oriundos da compostagem de resíduos orgânicos também são ferramentas importantes a serem implantadas no cultivo urbano de hortaliças. Gerando sustentabilidade, que é um fator primordial para a garantia do sucesso na agricultura urbana.

Related Post

Compartilhe este conteúdo

Deixe uma resposta