Novo Perfil Premium Dupla Camada

Confirma o mais novo lançamento da Hidrogood! O perfil Premium dupla camada é a mais nova evolução de perfil hidropônico desenvolvido pela Hidrogood. O perfil Premium dupla camada é produzido através de uma técnica chamada coextrusão, ou seja, é fabricado por uma camada interna em polipropileno na cor grafite com a finalidade de evitar a entrada de luz e por consequência a diminuição de algas e biofilme. E com uma camada externa também em polipropileno na cor branca. Esta camada externa vai garantir uma durabilidade maior e resistência à abrasão. Além disso esta camada conta com aditivos desenvolvidos em parceria com empresas especializadas em aditivos para intemperes no mercado agrícola. O primeiro deles proporciona um brilho branco bem mais intenso, aumentando a reflexão de luz, elevando o teor de fotossíntese da planta e consequentemente a eficácia na diminuição de temperatura no interior do perfil. Assim, amplia-se a prevenção contra possíveis doenças ligadas a falta de oxigenação na solução hidropônica. Outros aditivos, estabilizadores de luz e absorvedores de UV, foram incluídos e possibilitam à camada branca uma resistência maior à radiação UV, que é a radiação que desgasta o plástico, atribuindo durabilidade ao produto. Este novo perfil pode ser confeccionado em… Leia mais .

Uso da hidroponia na produção de variedades tipo Gourmet

Uma realidade no mercado da alta gastronomia é a exigência por hortaliças de qualidade diferenciada, assim como de inovações cada vez mais necessárias para que os conceituados Chefs de cozinha expressem sua arte em pratos que se distinguem pelo seu caráter único. Neste contexto, o cultivo de hortaliças diferenciadas (hortaliças tipo gourmet) é fator fundamental para o produtor hidropônico, uma vez que possibilita um maior retorno financeiro pelo alto valor agregado e amplia a permeabilidade de mercado, atendendo à um público restrito e extremamente exigente. Para a penetração e estabilização do produtor neste mercado diferenciado, nada mais sensato que a adoção do cultivo de hortaliças em um sistema que garanta a menor sazonalidade, maior controle nutricional, menores incidências de pragas e doenças, assim como maior higienização do produto, com garantia de maior tempo de prateleira no pós-colheita. Uma pesquisa regional é importante para a tomada de decisão do que se produzir, entretanto neste mercado destacam-se, atualmente, as hortaliças denominadas Baby Leafs, por seu tamanho reduzido, seja a partir da apresentação de uma espécie somente (mini rúcula, por exemplo), seja pela comercialização na forma de mix de variedades (mix rúcula, alface roxa e crespa, lisa); infere-se ainda que estas hortaliças vêm… Leia mais .

Ambiente de cultivo protegido. Manejo microclimático

O conhecimento das características climáticas de uma região é procedimento obrigatório para o estabelecimento de um calendário de plantio na horticultura. Características como temperaturas máximas e mínimas, termoperiodicidade anual e diurna (variações de temperatura diurna e noturna), umidade relativa (UR%), fotoperíodo (comprimento do dia em 24 horas), irradiância, chuvas, ventos, geadas devem ser observadas para a escolha de qual época é a mais favorável para um determinado grupo de hortaliças. Por outro lado, o uso de cultivo protegido amplia a possibilidade de plantio em épocas menos favoráveis a uma dada cultura, como por exemplo, o pepino em plantio de inverno, uma vez que esta olerícola é altamente susceptível às temperaturas baixas. Assim, ao se projetar uma estufa é fundamental que o produtor situado em regiões de alta irradiância, possua um projeto que preconize o pé direito acima de 3,50m e com abertura zenital e em regiões de baixas temperaturas, além do pé direito e da abertura zenital adequada para o verão, faça a aplicação de cortinas laterais para o aumento da temperatura no inverno. Nestes ambientes construídos, o monitoramento e o controle das temperaturas diurnas e noturnas são, dentre as variáveis microclimáticas supracitadas, as de maior importância para que o… Leia mais .

Porque a Hidrogood usa Polipropileno?

A Hidrogood fabrica seus produtos usando o plástico Polipropileno, o mais adequado para a produção de alimentos por ser um plástico atóxico, de grau alimentar e recomendado pela ANVISA para estar em contato com alimentos, como acontece com embalagens de alimentos como margarina, biscoitos, salgadinhos, etc. Atualmente não há norma estabelecida para a hidroponia, porém com o crescimento da atividade, esta norma virá e então os produtos Hidrogood já estarão de acordo com normas técnicas como ocorre em outros países em que o PP é reconhecido como «Food Grade» (Grau Alimentício). Veja nos sites abaixo: http://boxsellhydroponics.com.au/  https://www.organicagardensupply.com/hydroponics/hydroponic-garden-food-grade-plastics/ http://www.greenpeace.org/usa/toxics/pvc-free/ Veja abaixo os questionamentos ambientais: O Greenpeace criou a pirâmide de plásticos em função do impacto ambiental que cada um provoca. No topo temos o PVC, o mais impactante, seguido de PU,PS,ABSD e PC,em seguida o PET e logo o PE e PP e finalmente os  plásticos de bio-polímeros. Assim, em comparação com os outros plásticos, o PP é dos plásticos menos problemáticos na sua utilização e no descarte. O polipropileno é um plástico resistente à ação química, sendo muito utilizado em tubulações de indústrias químicas e farmacêuticas. Isto significa que colônias de micro-organismos como fungos e bactérias não conseguem se enraizar… Leia mais .