O outono chegou: os cuidados com a produção hortícola nessa estação

O outono começou no dia 20 de março e as mudanças da estação de transição já podem ser sentidas na horticultura 

Menor umidade, quedas na temperatura e menor incidência solar ao longo do dia são as principais características do outono, transição do verão para o inverno. Com isso, o manejo das plantas deve ser adaptado às mudanças climáticas.

Confira os principais cuidados que deve ser adotados nessa época do ano:

ESCOLHA DA VARIEDADE

O produtor precisa estar atento e escolher corretamente a variedade a ser cultivada, levando em consideração a sua afinidade com as condições climáticas da estação.

Ao escolher uma variedade que não esteja adaptada às temperaturas mais amenas e a menor incidência de luminosidade, plantas demoram mais para se desenvolverem e sofrem mais stress, o que pode acarretar em pendoamentos, prejudicando o ciclo da produção.

MANEJO NUTRICIONAL

Com as temperaturas em queda, cai também o consumo de água das plantas, sendo necessário elevar o Ec (condutividade elétrica) da solução nutritiva, ou seja, aumentar a oferta de nutrientes para que haja uma absorção adequada para o desenvolvimento da sua cultura.

MANEJO DA LUZ

Com a queda da luminosidade natural, as plantas apresentam uma diminuição do seu metabolismo e passam a estar mais suscetíveis à queima de bordas, principalmente causadas pela falta de cálcio e boro, que são nutrientes que têm sua absorção prejudicada com a queda metabólica.

Essas queimas mostram uma menor resistência do tecido, facilitando a ação de vários patógenos, como fungos e bactérias.

Já quando os dias de outono tiverem mais sol, após dias de luminosidade mais baixa, é ideal investir em telas de sombreamento , para que as plantas não sofram tanto stress imediatamente ao retorno do sol.

PROTEÇÃO CONTRA PATÓGENOS

Com as noites frias e neblinas, aumenta a incidência de míldios, um fungo que afeta principalmente folhas, mas pode ocorrer também em ramos e frutos. A doença ocorre com mais frequência quando a umidade aumenta (neblinas) e as temperaturas estão mais amenas. Por isso, é importante investir na proteção preventiva das culturas.

Para dias secos e noites com temperaturas amenas ficar atento com o oídio, pois este fungo pode comprometer muito a produção. 

Para melhorar sua produção, é preciso sempre buscar melhores formas de manejo da sua cultura. Pensando em ajudar produtores, a Hidrogood, por meio da HG Academy, desenvolveu e promove cursos voltados para o manejo de folhosas.

Para conhecer nossos cursos, acesse www.hgacademy.com.br.

Gostou desse conteúdo? Separamos outros artigos sobre manejo da sua produção que podem te interessar: