A importância da pesquisa de mercado para implementação de uma produção hidropônica

Para todos que desejam ingressar no ramo hidropônico, assim como em qualquer outro negócio, é fundamental entender que, em diversas regiões do Brasil, o cultivo de produtos hidropônicos (principalmente hortaliças como o alface) segue regras de comercialização e tem uma forte concorrência

Sendo assim, é fundamental que o produtor tenha noção do posicionamento do mercado que deseja atingir e possua uma estratégia de comercialização bem estabelecida, cuja oferta de produtos seja baseada em produtos diferenciados, certificados e, possivelmente, rastreados.

Mas, o grande ponto que aflige muitos produtores é: Como se posicionar em uma mercado com ampla concorrência como esse, sem que haja uma redução de preços dos produtos comercializados e saturação de um grupo de produtos? Por isso, é necessário estudar e estruturar um plano de negócios com cálculos detalhados de custo de produção, investimentos, análise crítica de posicionamento da concorrência tanto no mercado local quanto regional, ou seja, uma análise minuciosa de mercado.

Vale ressaltar que, quando nos referimos à concorrência, não pode-se deixar de lado os produtos cultivados em sistema convencional. Esse tipo de cultivo apresenta inevitáveis produções sazonais, o que tende a baixar o valor comercializado do produto. Isso provoca a saturação do mercado em períodos pré-estabelecidos, causando, consequentemente, problemas na comercialização dos produtos hidropônicos.

Então, se uma produção hidropônica tem como objetivo atuar em um mercado consumidor, é necessário que o produtor tenha informações relevantes sobre seu campo de atuação, seu negócio, seus concorrentes e, principalmente, seus clientes. Visitar pontos-de-venda como supermercados, quitandas, varejos, restaurantes, hotéis, cozinhas industriais, etc, irá ajudar a ter uma ideia de quais são as necessidades dos clientes, espécies e variedades consumidas e com que frequência, onde estão os melhores pontos de venda e a quantidade que poderá ser vendida. 

Mostre ao cliente que se trata de um produto diferenciado, com vantagens e em sintonia com a atual demanda de mercado por qualidade e garantia. A comercialização pode ir desde a venda direta no local de produção até a entrega direta ao consumidor.

Implantar uma produção hidropônica e depois sair à procura de clientes, sem saber se realmente há público consumidor e se o mercado é propício, é meio caminho andado para o fracasso, mas, mais do que isso, para ter sucesso na comercialização é importante que o produto tenha boa qualidade e atenda à necessidade do cliente, além de um preço adequado. 

Gostou deste artigo? Separamos alguns que certamente irão lhe interessar:
Compartilhe este conteúdo