Hidrogood News: Projeto hidropônico – O que avaliar?

Por: Dr. Gláucio da Cruz Genuncio, especialista em Nutrição Mineral de plantas.

A decisão de se investir em um projeto hidropônico é baseada (ou pelo menos deve ser) em respostas às principais dúvidas inerentes ao passo a passo da concretização de um projeto voltado para a produção de hortaliças hidropônicas. Assim, esta edição tem por objetivo elucidar algumas das principais dúvidas de quem quer investir em hidroponia.

Basicamente, a principal pergunta feita a nós é: Quanto custa um projeto hidropônico? E quanto será a o lucro? Ou ainda, qual é o tempo (em anos) de retorno deste projeto? Dada a complexidade da resposta, basicamente respondemos: São necessárias mais informações para projetarmos um valor de investimento inicial. Pois esta resposta deve ser baseada em alguns aspectos importantes, das quais, inclusive, não estão envolvidas somente no processo produtivo.

A primeira questão a ser levantada é qual hortaliça se vai produzir. Esta resposta facilita muito a elaboração do projeto. Se um projeto é voltado somente para uma espécie como, por exemplo, a alface, o cálculo de perfis (espaçamentos) é de uma forma. Porém se existe a pretensão da produção de alface, rúcula, salsa e cebolinha, por exemplo, os cálculos devem ser voltados para as espécies em questão. Vale ressaltar ainda que mesmo ao se produzir somente alface, devemos ter informações de qual o tipo de alface. Alfaces gourmet, por exemplo, demandam espaçamentos menores que as demais cultivares de alface.

Outro fator importante é o quantitativo; quanto se vai produzir de cada hortaliça. O conhecimento deste quantitativo facilitará o dimensionando do projeto. Porém como respondemos a estas duas perguntas?

A pesquisa de mercado associada a um plano de negócios é a melhor solução para se começar um projeto, ou seja, para se responder tais perguntas. Esta é uma das principais dicas deste informativo inclusive. Avalie o público alvo que você quer atender e, principalmente, a sua futura concorrência e, após isto tenha a percepção se o mercado absorverá a sua ideia e seu produto.

Assim, ao avaliar o mercado você poderá se surpreender com possíveis demandas não atendidas. Por exemplo, a demanda de aromáticas e temperos é crescente no decorrer dos anos para projetos hidropônicos, assim como a demanda de produtos higienizados, ou, até mesmo, pré-lavados. Por outro lado, a consolidação de sua marca também é um fator importante, assim, garantia de qualidade e frequência consolidam você no mercado.

Ao se tratar de aspectos agronômicos, a qualidade química e microbiológica da água assim como a sua disponibilidade (vazão) é de fundamental importância no seu projeto, além da carga elétrica e da presença constante desta energia em sua área. Questões de acesso e distância entre a sua propriedade até o seu público alvo também são importantes e devem ser consideradas no projeto.

Outro fator importante a ser avaliado é: Como será o transporte de seus produtos: Refrigerados ou não? Assim, esta pergunta remete a outra pergunta crucial: Você possui o meio de transporte para entrega das hortaliças ou vai adquiri-lo? Se sim, qual será? Lembrando que o valor deste investimento pode chegar a R$ 60.000,00, por exemplo.

Além disso, suas caixas serão com logomarca? Qual o tamanho das mesmas? Como serão suas embalagens: Por exemplo, suas embalagens terão código de barras e sua marca estampada nas mesmas?

Perceba que não basta apenas produzir, mas comercializar é um fator a ser cuidadosamente avaliado. Além disso, como administrar o seu negócio também carece de ser avaliado (terá um escritório?).

Por último e não menos importante, a avaliação do seu projeto hidropônico não deve ser apenas quanto aos equipamentos de hidroponia. Toda a parte elétrica, hidráulica e de armazenamento de materiais (alvenaria) deve ser considerada no seu projeto. Com tudo isso na ponta do lápis, provavelmente você poderá chegar a valores acima dos que você projetou inicialmente, porém muito mais assertivos para a busca de um financiamento.

Então uma última dica: mãos à obra e seja o mais detalhista possível.

Espero que tenham gostado e até o próximo Hidrogod News.

A Hidrogood disponibiliza projetos sem custo, feito na medida em que o cliente deseja. Faça o seu gratuito aqui.

Separamos alguns artigos que certamente irão lhe interessar:
Compartilhe este conteúdo