hidrogood hidroponia

Marketing no agronegócio: A importância para os produtores rurais

Você já parou para pensar como o agronegócio é importante? Pois saiba que esse setor é um dos mais importantes em nosso país. Em 2020, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o setor alcançou participação de 26,6% no PIB brasileiro. Em valores monetários, o PIB do país totalizou R$ 7,45 trilhões em 2020, sendo que o PIB do agronegócio chegou a quase R$ 2 trilhões.

Neste cenário, muitos agricultores estão buscando o crescimento profissional e investindo cada vez mais em tecnologias, inovações e boas práticas agrícolas que garantam não só produtos de qualidade, mas, também, diferenciais em relação à concorrência e ao mercado. No entanto, além disso tudo, o produtor deve também se atentar em como todas as informações sobre seus produtos são transmitidas, e é nesse momento que o marketing cumpre uma função essencial.

Ao contrário do que muitos pensam, o objetivo do marketing não é apenas vender. É mais do que isso. Atualmente, o marketing está focado nas relações humanas e busca entender as mudanças de comportamento dos consumidores, bem como o poder de persuasão que eles têm, seja no digital ou offline. Hoje, um consumidor influencia o outro, por isso, a comunicação deve ser cada vez mais horizontal e instantânea. E o agronegócio deve estar inserido nesta era do marketing, afinal, existem diferentes perfis de produtores e consumidores. Algumas possíveis vantagens de serem alcançadas com a adoção do marketing no agronegócio são:

  • Envolvimento com possíveis clientes

Assim como em qualquer negócio, saber quem é o seu público-alvo é fundamental para alcançar resultados positivos. É importante entender que existem diferentes perfis nesse ramo e, comunicar-se com um pequeno restaurante, por exemplo, não é o mesmo que falar com um grande supermercado. Todos eles podem utilizar o mesmo produto, mas a sua comunicação nunca será a mesma para ambos.

A partir do momento em que você sabe para quem quer vender seus produtos, fica mais fácil se comunicar e se envolver com eles. 

  • Relacionamento real

E, falando em se envolver com o potencial cliente, manter um relacionamento vai muito além de oferecer produtos, conteúdos e divulgar a marca. É preciso mostrar ao cliente porque o seu produto deve ser escolhido por ele, ou seja, os benefícios que ele tem ao optar por um produto da sua empresa.

Ter uma estratégia de relacionamento é essencial e, para que ela tenha efeito, deve ser embasada no pré, durante e pós-venda, a fim de fidelizar o cliente e fazer com que a sua marca seja lembrada por ele nas próximas vezes que ele precisar de algum produto, o tornando um cliente fiel.

  • Aumento de vendas

A partir do momento que você tem um maior envolvimento com clientes e ainda os fideliza, as chances de você aumentar as suas vendas são enormes. Isso porque, como falado anteriormente, um consumidor influencia o outro, ou seja, com a sua marca na ponta da língua dos seus clientes, o mercado reconhecerá o seu trabalho e seus produtos.

curso de hidroponia hidrogood

Mas, para que toda a estratégia de marketing tenha efeito positivo e traga resultados, é importante entender que esse investimento deve ser constante. E, levando em conta que as áreas de comunicação e marketing estão passando por uma grande reformulação, o desafio está em integrar as diferentes formas de marketing, comunicação e mídias, além de saber utilizar a melhor linguagem para cada uma delas. Por isso, a estratégia de relacionamento adotada deve contemplar a linguagem certa para os diferentes públicos. 

Independente do tipo de marketing adotado, é preciso entender que a elaboração de um plano de marketing é essencial para obter sucesso, pois nele serão definidos:

Os produtos que serão produzidos e vendidos

Tipos diferenciados, sementes especiais importadas, in natura, na embalagem cônica, etc, com objetivo de atingir e atender o público-alvo, que é aquele que busca por qualidade e variedade.

Preço

Para que o seu produto seja realmente vendável, é preciso considerar alguns fatores: Custos de produção de cada produto comercializado, valor praticado no mercado, margem de lucro e a rotação da produção. 

Estratégias de divulgação

Um produtor local e uma empresa de tamanho nacional possuem diferentes objetivos e, consequentemente, diferentes estratégias. Apesar de hoje, na era do digital, ser importante estar online, nem sempre esse será o melhor canal para realizar as vendas, por exemplo.

Um exemplo é o investimento no marketing digital, essa tem sido a principal aposta das grandes empresas agrícolas para consolidar a presença do negócio e ganhar espaço no mercado nacional, que está cada vez mais competitivo.

Em contrapartida, existem casos de produtores locais que, ao invés de apostar no digital, preferem as ações face to face que, apesar de tradicionais, ainda são muito eficientes. Um exemplo é a estratégia de divulgação adotada por muitos deles, que consiste em levar amostras, catálogo com fotos e descrição dos produtos e promover degustação. Esse é o momento ideal para trocar experiências e entender melhor as necessidades dos consumidores, bem como o que pode ser melhorado no negócio em si.

Estrutura de comercialização

O primeiro contato é o que, geralmente, define o relacionamento com o cliente, por isso, é importante antes mesmo de iniciar a venda, já ter estruturado a forma como será feita a comercialização do seu produto, bem como os prazos de faturamento, como será feita a entrega, embalagens, entre outros. 

Além do plano de marketing, é essencial, também, fazer uma pesquisa de mercado. Esse é, de fato, o primeiro passo para validar o investimento feito. Nela é possível identificar informações relevantes sobre seu campo de atuação, seu negócio, seus concorrentes, fornecedores e, principalmente, seus clientes.

A verdade é que o marketing é um grande aliado do agronegócio. Além de oferecer diversas vantagens e oportunidades para os produtores, pode influenciar diretamente nas decisões de compras. 

E com um plano de marketing bem estruturado, o produtor organiza a produção e coordena as decisões mercadológicas. Por isso, ele é vital para que o negócio alcance um bom desempenho e tenha sucesso. 

Gostou deste artigo? Separamos alguns que certamente irão lhe interessar:

Compartilhe este conteúdo