Hidrogood News: Planejamento no cultivo hidropônico – Crucial para o seu sucesso

Por: Dr. Gláucio da Cruz Genuino, especialista em Nutrição Mineral de plantas.

Muitos me perguntam como é fazer a nutrição das plantas na hidroponia e se isto é o principal ponto a ser observado para o sucesso em um projeto hidropônico. E eu respondo que é um ponto importante, mas a evolução da hidroponia fez com que outros pontos se tornassem de extrema importância.

Atualmente afirmo que antes mesmo de se montar um projeto, o futuro empreendedor da área deve fazer o planejamento financeiro, administrativo e de marketing do seu negócio, que neste caso é a produção de alimentos hidropônicos.

Alface Hidrogood

A elaboração de uma planilha com o objetivo de levantamento de investimentos a serem aportados no projeto é crucial, levando-se em conta variáveis como: investimento, custo benefício e depreciação das estufas, do sistema hidropônico propriamente dito, da parte hidráulica, elétrica, das construções em alvenaria (casas de bombas, estoques de defensivos e de fertilizantes), das bombas, das caixarias, do veículo que transportará os produtos. Assim como da necessidade de terraplenagem, cercas, poços, aumento da capacidade elétrica, melhora das vias de acesso. Tudo isto, compra no final, o seu investimento no sistema, que pode variar de R$ 90,00 a R$ 250,00 por m2, por exemplo. Com isso, fica notório que cada projeto possui suas peculiaridades.

Outro fator que é de fundamental importância é a determinação de quais as culturas a serem produzidas e suas quantidades. Estes dados, quando bem definidos, posicionarão a uma estratégia de mercado, assim como o estabelecimento de custos de produção mais certos.

Por falar em custo de produção, você sabe de todas as variáveis envolvidas para a composição do mesmo? Ou já pensou nisto? Ou calcula isto mensalmente? (para quem já é produtor). Pois é! Este cálculo quando bem definido será o divisor de águas para se obter lucro na hidroponia. Assim, os valores que comporão os custos com energia elétrica, sementes, adubos, defensivos, limpeza do sistema, arrendamento, mão-de-obra (essa podendo representar até 50% do custo total de produção. Ahhh! Não se esqueça das férias e possíveis substituições ao longo do ano), além dos eventuais custos como troca e lavagem do plástico, manutenção das bombas, manutenção dos veículos e demais custos associados farão com que você consiga determinar o valor unitário do seu produto e a projeção do seu faturamento.

Este levantamento é tão importante que o ajudará a ter a noção de qual o seu possível aporte para o marketing da empresa (posicionamento da marca) e de seus produtos.

Então a resposta é a seguinte: nutrição mineral é importante sim, mas um bom planejamento do seu negócio é crucial para que você obtenha lucro na hidroponia. Um abraço e até o próximo Hidrogood News.

Gostou deste artigo? Separamos alguns que certamente irão lhe interessar:

Participe do Curso de Hidroponia. Saiba mais.

Deixe uma resposta