Primeiros passos na Hidroponia

Antes de implantar um sistema hidropônico deve-se levar em consideração algumas questões para que esta decisão venha de fato preencher suas aspirações e necessidades, como em qualquer outro negócio.

O sistema de hidroponia possui muitas vantagens, e, antes de tudo, é necessário levar em conta o investimento inicial no equipamento e ter um certo conhecimento técnico, que pode ser adquirido em cursos especializados. Estes investimentos (financeiro e intelectual) compensam pelo rápido “payback”, ou seja, o rápido retorno. Além desses dois fatores, deve-se considerar, principalmente, dois aspectos: o comercial e o técnico. O primeiro varia conforme a região onde o produtor irá implementar seu sistema, pois além do clima, são levadas em conta as características culturais e sociais. Já o segundo varia em função tanto do clima quanto do conhecimento específico adquirido pelo produtor.

Aqui vamos ver alguns pontos essenciais para te orientar antes de implementar um sistema de hidroponia. 

Análise de Mercado: É a primeira e mais importante análise a ser feita, pois através dela é que será possível dimensionar a produção e calcular todo o investimento, retorno e lucro. Faça uma pesquisa em possíveis pontos-de-venda: supermercados, quitandas, varejões, restaurantes, hotéis, bares, cozinhas industriais, assim pode-se determinar locais de entrega, preços, prazo, frequência de entrega, quantidade, tipos e variedades de hortaliças etc., e pode-se ter uma ideia melhor dos produtos que este mercado potencialmente consumiria.

Local de Implantação: É em função do mercado consumidor que melhor se determina o local adequado, por exemplo, quanto mais perto do centro consumidor, menor o custo de frete, além de permitir a venda no próprio local de cultivo. Mas, deve-se levar em consideração as características do terreno, como água de qualidade, declividade, ventos, proximidade de mão-de-obra, facilidade de escoamento da produção e de obtenção de insumos.

Marketing e venda: É importante que o produtor mostre ao cliente que se trata de um produto diferenciado, com muitas vantagens e em sintonia com a atual demanda de mercado por qualidade e garantia. A comercialização pode ir desde a venda direta no local de produção até a entrega direta ao cliente ou distribuidor.

Equipamentos: Em equipamentos incluímos além da estufa e perfis hidropônicos os aparelhos de medição, reservatório, bombas, sistema hidráulico e elétrico, área de preparação de solução e germinação. Lembre-se que uma aparente economia inicial irá refletir no custo de mão-de-obra e produtividade (manejo) ao longo do tempo, portanto a modernização de equipamentos é fundamental.

Energia Elétrica: Em hidroponia a energia elétrica é tão essencial quanto a água, deste modo eventuais problemas devem ser previstos para determinar as melhores alternativas, pois em um dia quente, por exemplo, as plantas não podem ficar mais de uma hora sem água. Algumas soluções são: Manter um reservatório cheio de água em uma altura superior às bancadas e ligado ao sistema de irrigação com um registro, manter uma bomba à gasolina ou a diesel para ser acionada e substituir a bomba elétrica ou um gerador que entre em operação quando necessário.

Tamanho inicial da instalação: Embora seja o mercado consumidor quem vai ditar os números de produção, é interessante iniciar a instalação com um projeto piloto, enquanto se adquire experiência, prevendo-se futuras ampliações.

 

O cuidado ao fazer análises e, principalmente, o planejamento será fundamental para trazer os melhores resultados em termos de custos, velocidade e facilidade na implantação de um projeto hidropônico.

É claro que esses são alguns fatores decisivos entre uma série de cuidados que, somados, contribuirão para o produto final. Além desses citados é preciso levar em conta a disponibilidade de mão-de-obra, pois o funcionário precisa estar diariamente executando as tarefas rotineiras, atualizações como eventos, seminários, encontros, congressos e feiras, visitas à universidades e órgãos de pesquisa, que são os locais onde o hidroponista procurará a sua atualização, colocando-se em contato com as últimas novidades e pesquisas, além de custos de produção.

A Hidrogood possui uma equipe especializada em projetos, feitos na medida em que o cliente deseja e sem custo. Peça já o seu!

Gostou desse conteúdo? Separamos alguns que podem te interessar:

Compartilhe este conteúdo

Deixe uma resposta