Micronutrientes: a importância para a nutrição das plantas

A composição da solução nutritiva é um fator determinante para a boa qualidade do produto final. Para realizar uma nutrição equilibrada, há alguns nutrientes essenciais para o crescimento das plantas.

A solução nutritiva bem balanceada, com produtos de alta qualidade, fazem toda diferença no desenvolvimento do cultivo.

Para compor a solução nutritiva, há alguns elementos minerais essenciais, que podem ser divididos em dois grupos:  os macronutrientes e os micronutrientes.

Hoje, nós iremos abordar os micronutrientes, que são absorvidos em menores quantidades, e sua importância para o desenvolvimento da planta.

Os principais micronutrientes são: Boro (B), Cloro (CI), Cobre (Cu), Ferro (Fe), Manganês (Mn), Molibdênio (Mo) e o Zinco (Zn), 

Boro: É responsável pela composição da parede celular das plantas.

Cloro: Sua função é relacionada com a fotossíntese e participa da fotólise da água.

Cobre: É essencial em processos de oxidação e redução, além de ativar várias enzimas dentro da planta.

Ferro: Embora não faça parte, é essencial para a formação da clorofila, além da absorção de nitrogênio e processos enzimáticos.

Manganês: Ele participa da formação do ácido ascórbico, a Vitamina C, e também é necessário para a respiração, formação da clorofila e redução de nitratos.

Molibdênio: Tem participação da bioquímica da absorção, transporte e fixação do nitrogênio.

Zinco: Tem participação na formação do ácido indolacético (AIA), o que faz com que atue no crescimento das plantas.

Hidrogood Fert Mix Micros, fertilizante com Zinco e Cobre  quelatizados para uma melhor absorção pela planta

Para que a cultura cresça saudável, a solução nutritiva precisa, além de estar balanceada, estar em constante monitoração: o pH, a condutividade elétrica e a temperatura devem ser controladas.

O pH da solução nutritiva deve estar equilibrado para que todos os elementos permaneçam na solução e fiquem disponíveis para a planta alimentar-se corretamente, caso contrário ficarão carentes de nutrição. Em hidroponia o ideal é trabalhar com ele entre 5,5 e 6,5, pois é onde se tem a maior disponibilidade de nutrientes, caso contrário alguns elementos não se dissolvem e prejudicam a saúde da cultura.

É essencial que a condutividade elétrica (CE) seja controlada, pois é a partir desse processo que é permitido medir o nível de consumo dos nutrientes pela planta e fazer reposições para que ela tenha à sua disposição todos os nutrientes necessários. 

Para medir o pH usa-se o aparelho Peagâmetro e para medir a CE usa-se o Condutivímetro. 

Além desses fatores, a temperatura da solução deve ser sempre checada e mantida em torno de 25ºC e não ultrapassar os 28ºC.

A partir das principais necessidades dos produtores, a Hidrogood desenvolveu sua própria linha de fertilizantes, com compostos de nutrientes para confecção da solução nutritiva. A linha de nutrientes Hidrogood Fert é perfeitamente balanceada e testada, com objetivo de promover um maior potencial produtivo.

Entre os produtos, há o Hidrogood Fert Mix Micros, um fertilizante mineral composto por micronutrientes quelatizados, que pode ser usado para todos os tipos de culturas. Além de contar com os principais micronutrientes necessários para que sua produção se desenvolva, a fórmula ainda conta com Zinco (Zn) e Cobre (Cu) quelatizados, o que melhora a absorção pela planta.

Se você tem interesse em melhorar a nutrição da sua produção, faça seu projeto de adubação personalizado para sua cultura gratuitamente conosco.

Quer mais dicas de manejo e nutrição da sua produção? Separamos outros artigos que podem te interessar: