calha-vaso-hidrogood

Prof. Barcelos, da UFSC, testou a nossa Calha Vaso e aprovou!

Em 2020 lançamos no segundo semestre, dentre outros produtos, a Calha Vaso, um produto pensado especialmente para quem produz através da fertirrigação utilizando substrato. Desde então, muitos produtores têm entrado em contato conosco contando suas experiências com esse produto. 

O Professor Jorge Barcelos, agrônomo responsável pelo laboratório de hidroponia na Universidade Federal de Santa Catarina, (UFSC), vem utilizando a nossa Calha Vaso e, através de um vídeo, contou como tem sido:

O professor é responsável pela criação do LabHidro, o primeiro laboratório de hidroponia do Brasil inteiramente dedicado ao cultivo hidropônico e ao cultivo protegido. A Horta Hidropônica do LabHidro serviu de mola propulsora para a alavancar o cultivo hidropônico no Brasil e em muitos outros países. Ficamos muito felizes em saber que o prof. Barcelos aprova a Calha Vaso para a técnica de fertirrigação utilizando substrato.

Se você ainda não conhece ou quer entender melhor como funciona, essa técnica utiliza materiais inertes (que não fornecem nenhum nutriente à planta) de origem natural ou mineral. Um dos benefícios da utilização desses materiais, é que além deles estarem livres de agentes patogênicos, protegem as raízes contra a luz, permitem uma boa retenção de água e disponibilidade de nutrientes, maior controle no desenvolvimento da planta e oxigenação adequada.

Outra vantagem que a técnica oferece é em relação à sustentação radicular da planta. Para culturas que têm o sistema radicular e parte aérea mais desenvolvidos, a produção com substrato é uma excelente alternativa, pois a utilização de matérias inertes confere sustentação às plantas, apoiando o crescimento das raízes e fornecendo as quantidades adequadas de nutrientes e oxigênio, o que resulta no desenvolvimento de sistemas radiculares maiores e, consequentemente, produtos mais saudáveis.

A fertirrigação em substrato é eficiente, principalmente, para a produção de hortaliças de frutos como o morango, tomate, pepino e pimentões, ou seja, plantas de média e longa duração, pois é uma alternativa para os produtores que têm um ambiente muito úmido em suas produções, fatores estes que acontecem devido à solução nutritiva (que é irrigada por gotejamento) cair diretamente no solo.

Esses dois fatores – a umidade e o lodo – acabam gerando um microclima desfavorável para produção, prejudicando o cultivo e consequentemente o trabalho dos produtores. Graças à umidade o ambiente interno na estufa tende a desequilibrar e se torna menos eficiente para o desenvolvimento ideal das plantas, já o lodo, por sua vez, favorece o surgimento de patógenos.

Imagens: Produção da LabHidro

Para evitar que isso aconteça, o produtor pode utilizar calhas para recolhimento do drenado, pois elas fazem o recolhimento do drenado dos vasos, evitando que a solução nutritiva goteje no chão da estufa, podendo ser recolhido para reutilização.

Apesar de já ter cumprido parte da sua função na nutrição das plantas hidropônicas, esse drenado ainda é rico em nutrientes e, dependendo do seu destino, pode ser um fator acumulador de nutrientes no solo e causar não só a salinização do solo dentro da estufa, mas também a contaminação do lençol freático.

Assim, recolhendo a solução nutritiva, evita-se desperdícios, garante-se uma economia de nutrientes, não contamina o meio ambiente e impacta positivamente nos gastos com a produção. Mas, para isso, o mais importante é garantir que os substratos cumpram a sua função, ou seja, substituam o solo servindo de sustentação para as raízes, além de mantê-las mais protegidas do calor e tenham uma boa absorção de água.

Imagens: Produção da LabHidro

É importante ressaltar que a solução para reuso deve passar por um sistema de filtração (para se retirar restos de raízes e substratos) e de redução da carga de microrganismos com aplicação de sistemas bacteriostáticos, tais como, a aplicação de sistemas como a ozonização, o UV (atualmente utilizados em sistemas de piscinas e lagos artificiais) e aplicação de peróxido de hidrogênio.

A escolha de qual tipo de sistema utilizar deve ser feita após analisar alguns pontos como, por exemplo, o objetivo da produção, quais culturas serão cultivadas, entre outros, além de conversar com a equipe responsável por desenvolver o projeto.

Se assim como o professor Barcelos, você utiliza substrato em sua produção, conheça os modelos de Calhas Hidrogood. Temos dois modelos disponíveis, a Calha Vaso e Calha Slab. Ambas foram desenvolvidas para recolherem o drenado com qualidade para poder ser reutilizado no sistema, impactando positivamente nos gastos com a produção. Conheça os modelos e escolha a melhor opção para a sua produção.

Gostou deste conteúdo? Separamos outros conteúdos que podem te interessar:

Compartilhe este conteúdo