Hidrogood News: Reaproveitamento de solução nutritiva em sistema de hidroponia com uso de substrato

Por: Dr. Gláucio da Cruz Genuncio, especialista em Nutrição Mineral de plantas.

O manejo nutricional em sistemas hidropônicos é fator determinante para se alcançar uma produção elevada, com qualidade tanto em termos nutricionais quanto em resistência ao ataque de pragas e doenças nas hortaliças cultivadas em hidroponia.

Assim, a aplicação equilibrada e, de acordo com a demanda fisiológica e nutricional das plantas, é de caráter fundamental. Ressalta-se os diferentes tipos de sistemas hidropônicos, dentre os quais, o NFT, o aquapônico, o aeropônico, o vertical e o em substrato (ou semihidropônico) demandam manejos nutricionais diferentes quanto a aplicação e recolhimento da solução nutritiva. 

Em função do supracitado e dada a demanda social para a produção sustentável de alimentos, seja eles hidropônicos ou não, este Hidrogood News versará sobre o aproveitamento da solução drenada em sistemas utilizando substrato, com enfoque em sustentabilidade ambiental e custos de produção

Por definição, a solução drenada é aquela recolhida do sistema após a passagem no substrato, assim, é uma solução ainda rica em nutrientes (Ca, Mg, B, principalmente), porém que já cumpriu parte da sua função na nutrição das plantas hidropônicas e,  dependendo de sua destinação, pode ser um fator acumulador de nutrientes no solo, causando, por exemplo, salinização do solo dentro da estufa e, em longo prazo, processos de eutrofização e de contaminação do lençol freático com nitrato (NO3). 

Porém, cabe aqui uma ressalva: A adubação convencional – e até mesmo a orgânica – mal realizada pode gerar também tais problemas, assim, a contaminação não é somente exclusiva do sistema hidropônico.

De modo geral, a aplicação de solução nutritiva e o seu excesso (solução drenada) é regrada, não podendo ultrapassar o máximo de 20% de volume drenado, ou seja, se aplicamos 1000 L de solução nutritiva, no máximo, 200 L desta solução (solução drenada) não serão utilizados pelas plantas.

Por outro lado, este volume drenado vem se reduzindo ao longo do tempo (chegando-se a até 5% somente), a partir do uso de automação associado a sistemas que recolhem a solução para um reservatório (calhas de recolhimento). 

Calha Vaso Hidrogood

Este controle de aplicação (automação) e coleta (calhas de recolhimento) traz benefícios importantes, tais como: economia de água, redução da eutrofização, redução da formação de algas no solo e, possíveis infestações de microrganismos e insetos, nulidade da contaminação do lençol freático e da salinização do solo dentro da estufa e redução do crescimento de plantas invasoras dentro da estufa, além de melhorar a aparência do local de trabalho, tornando-o menos salubre.

Por outro lado, ao se recolher esta solução em tanques, uma outra demanda surge, que é: “o que fazer com esta solução drenada que a torne mais sustentável? ”. Percebam que não é adequado o descarte desta solução em um rio, por exemplo.

Assim, uma prática que vem sendo amplamente estudada e, por certos produtores, utilizada é o reuso da solução tanto na produção, com o retorno de um percentual desta solução ao sistema (20 a 40%), assim como a aplicação desta em outras culturas, tais como frutíferas, olerícolas, pastagens, capineiras, enfim, as possibilidades são inúmeras.

É importante ressaltar que a solução para reuso deve passar por um sistema de filtração (para se retirar restos de raízes e substratos) e de redução da carga de microrganismos com aplicação de sistemas bacteriostáticos, tais como, a aplicação de sistemas como a ozonização, o UV (atualmente utilizados em sistemas de piscinas e lagos artificiais) e aplicação de peróxido de hidrogênio.

Vale aqui mais uma ressalva: Para máxima eficiência, estes sistemas necessitam de orientação técnica e um projeto elaborado de forma que atenda o volume de solução a ser tratada. Além do mais, o reequilíbrio nutricional (nutrientes faltantes) da solução nutritiva deve ser estabelecido, assim, a busca de assistência técnica para a elaboração de um projeto de reuso da solução nutritiva drenada é fundamental para o sucesso deste sistema.

Espero que tenham gostado deste Hidrogood News e até o próximo.

Gostou deste artigo? Separamos alguns que certamente irão lhe interessar:

Compartilhe este conteúdo