Calha Slab Hidrogood

Fertirrigação: O que é e quais os benefícios?

O produtor está sempre em busca de soluções, tecnologias e processos que possam acrescentar positivamente no negócio e, nesse sentido, uma técnica que vem ganhando cada vez mais adeptos é a fertirrigação. Mas, você sabe o que é e como funciona a fertirrigação? Para explicar a técnica e os seus benefícios, elaboramos este artigo. Acompanhe!

O que é a fertirrigação

Provavelmente você já conhece a irrigação, certo? Nada mais é do que a rega das plantas a partir de uma técnica controlada, oferecendo água em certas quantidades dosadas e no momento correto para garantir mais qualidade e produtividade. A fertirrigação utiliza o mesmo princípio, porém, a grande diferença é que além da água, transporta também os fertilizantes. 

Para isso, os fertilizantes (líquidos ou sólidos) são diluídos em água e distribuídos em dosagens adequadas na plantação, solo ou jardim por meio de diversas técnicas, como o gotejamento e a microaspersão. 

Um dos sistemas mais eficientes é o gotejamento, pois os gotejadores acabam sendo posicionados exatamente na área de concentração dos sistemas radiculares das plantas, ou seja, elas recebem a solução diretamente na raiz.

Calha Slab Hidrogood

Porém, apesar de ser uma técnica que pode ser utilizada em qualquer tipo de solo, é necessário analisar o balanceamento do pH para que não haja uma diluição muito concentrada de produto (o que pode prejudicar não só o solo, mas também as plantas).

As vantagens da fertirrigação

Preservação e menor compactação do solo

Em muitas plantações o uso de maquinários é indispensável para o manejo da produção e isso acaba fazendo com que pelo menos um equipamento passe em meio a plantação, gerando um processo de compactação do solo, onde ele perde sua porosidade (vincos), sendo esse um importante meio de entrada para a água e os nutrientes.

Com a fertirrigação, esse problema pode ser contornado, afinal, o processo de adubação é feito tendo a água como veículo, e não mais alguma máquina, preservando as características do solo.

Maior controle dos nutrientes

A fertirrigação é conhecida por ser um processo muito mais racional do ponto de vista administrativo, pois, por meio dessa técnica é possível ter maior controle na administração dos nutrientes.

Apesar das aplicações ocorrerem de forma mais frequente, são feitas em menor quantidade. Isso permite uma reposição planejada, além de poder acompanhar o ciclo de produção. 

Baixas perdas por lixiviação 

Outra vantagem da técnica é que a combinação do sistema (que leva a água diretamente ao sistema radicular da planta) com a não utilização de máquinas (o que diminui a movimentação de pessoas) permite que ocorra baixas perdas por lixiviação (infertilidade do solo).

Menores custos na produção

Muitos produtores se preocupam com o valor inicial do investimento, mas a verdade é que acaba sendo compensado pela economia com a mão de obra, afinal, com a não utilização de maquinários, a mão de obra é reduzida, o que resulta em menores gastos. 

A fertirrigação com substrato

Embora seja mais comum o uso da técnica de fertirrigação em lavouras, o que vem ganhando cada vez mais espaço entre os produtores é a utilização da técnica combinada com substratos.

Aqui, o princípio é o mesmo: Utilizar a fertirrigação por gotejamento para fornecer os nutrientes às plantas. Porém, ao invés de plantar diretamente no solo, aqui o produtor utiliza substratos (materiais inertes) apoiados em calhas.

Um dos benefícios da utilização desses materiais é que além deles estarem livres de agentes patogênicos, protegem as raízes contra a luz, permitem uma boa retenção de água e disponibilidade de nutrientes, maior controle no desenvolvimento da planta e oxigenação adequada.

Calha Slab Hidrogood

Outra vantagem que a técnica oferece é em relação à sustentação radicular da planta. Para culturas que têm o sistema radicular e parte aérea mais desenvolvidos, a produção com substrato é uma excelente alternativa, pois a utilização de matérias inertes confere sustentação às plantas, apoiando o crescimento das raízes e fornecendo as quantidades adequadas de nutrientes e oxigênio, o que resulta no desenvolvimento de sistemas radiculares maiores e, consequentemente, produtos mais saudáveis.

Ainda, produzir em substrato em calhas, confere mais uma vantagem ao produtor: a possibilidade de recolher o drenado, impactando positivamente nos gastos com a produção. Apesar dele já ter cumprido parte da sua função na nutrição das plantas hidropônicas, esse drenado ainda é rico em nutrientes e, dependendo do seu destino, pode ser um fator acumulador de nutrientes no solo e causar não só a salinização do solo dentro da estufa, mas também a contaminação do lençol freático.

Assim, evita-se desperdícios, garante-se uma economia de nutrientes, não contamina o meio ambiente e impacta positivamente nos gastos com a produção. 

Aqui na Hidrogood criamos dois equipamentos específicos para quem deseja produzir com substrato em calhas: A calha slab e a calha vaso. Ambas possuem um sistema de recolhimento do drenado que ajuda, também, a evitar que forme umidade no cultivar e, consequentemente, a criação de lodo, que é um local favorável para o depósito de ovos de alguns insetos.

Conclusão

A fertirrigação é uma técnica que vem se tornando cada vez mais popular entre aqueles que buscam formas de garantir uma produção saudável e de qualidade através de tecnologias e sistemas que otimizam os recursos. Além de desenvolver de forma saudável os cultivos, oferece um ótimo custo-benefício aos produtores rurais. 

Mas, aqui, ressaltamos que a escolha de qual tipo de sistema utilizar deve ser feita após analisar alguns pontos como, por exemplo, o objetivo da produção, quais culturas serão cultivadas, entre outros, além de conversar com a equipe responsável por desenvolver o projeto.

Gostou deste conteúdo? Separamos outros conteúdos que podem te interessar:
Compartilhe este conteúdo